O VELHO OESTE – Emílio Figueira

Certa vez, na cidade de Uorlem,  Bili-Kid e seu bando chegaram ao bar do Tim. Viram um moço encostado no balcão. Esse moço, chamado Giba, embora considerado do lado da lei, repassava informações ao bando.

Giba chamou Bili-Kid em um canto e disse:

–  No dia 8 deste mês, um trem chegará em Uorlem. No último vagão estará 50 quilos de ouro.

Bili-Kid e seu bando planejaram o assalto. Nada poderia dar errado.

Chegou o dia. Os assaltantes encheram os trilhos do trem com pedaços de troncos de árvores. Quando o maquinista da locomotiva viu os troncos na linha, ele parou a máquina e os passageiros desceram para ajudar a retirar.

De repente, os bandidos renderam a todos e roubaram o carregamento de ouro, levando-o para um esconderijo no mato. Só que, sem perceberem, deixaram rastos…

O xerife, seguindo esses rastos, descobriu o esconderijo. Voltou rapidamente para a cidade. Chamando uma turma de homens valentes para pegar o bando.

Ao voltarem à mata, o bando estava festejando o assalto, mas acabaram todos presos.

Bili-Kid e seu bando, estão passando uma longa temporada na cadeia. Eles têm todo o tempo para refletir que o crime não compensa!!!

 

Olá, eu sou o Emílio e durante muitos anos em quis criar um canal de comunicação com crianças e jovens. Até que nasceu este site onde você encontra muitas coisas legais e escritas por mim. Se quiser conhecer mais sobre minha história, clique lá em cima em “Emílio Figueira” no menu. E qualquer dúvida os curiosidade que você tenha, basta escrever para figueiraemilio@gmail.com

Deixe uma resposta