A LENDA DO ARROZ – Emílio Figueira

Fun-Shen, era um chinês que vivia muito feliz com sua mulher e filhos, cuidando de sua plantação de chá, tirando dali o necessário para si e ainda ajudar algu­mas pessoas.

Certo dia, no entanto, caíram sobre suas plantações, chuvas tão fortes que mesmo depois de passadas e as águas abaixadas, suas terras continuavam encharcadas.

Fun-Shen desesperava-se ao ver que não mais poderia plantar e que a fome não demoraria a bater em sua porta.

Numa noite de lua clara, estava ele olhando a água prateada, quando se formou uma nuvem cor-de-ouro e dentro dela saiu um gênio e lhe disse:

– Fun-Shen, você tem sido muito bom e caridoso e merece recompensa. Tome esses grãos dourados e plan­te-os.

– Mas como hei de fazê-lo – perguntou Fun-Shen -, se as terras estão alagadas?

– Obedeça-me – disse o gênio – e plante assim mesmo.

O chinês obediente, sem acreditar no gênio, chamou sua mulher e filhos e plantaram as sementes.

Tempos depois, colheram e presentearam com os grãos, amigos e vizinhos, cujas terras também esta­vam alagadas.

Logo grandes e bonitas plantações cobriram os campos alagados.

Assim nasceu o arroz, alimento tão popular na china e no mundo.

 

Olá, eu sou o Emílio e durante muitos anos em quis criar um canal de comunicação com crianças e jovens. Até que nasceu este site onde você encontra muitas coisas legais e escritas por mim. Se quiser conhecer mais sobre minha história, clique lá em cima em “Emílio Figueira” no menu. E qualquer dúvida os curiosidade que você tenha, basta escrever para figueiraemilio@gmail.com

Deixe uma resposta